Beto Muniz

Desenvolvedores(as): Quem disse que reinventar a roda é ruim?

dev lifestyle2 min read

Evolução da roda

Ultimamente tenho escutado muito as frases:

“Nossa, mais outra biblioteca JavaScript pra componentes!? 🤦‍♂️”.

“Nossa, as empresas A e B não inovam mais! 🤦‍♂️”.

E não ignorando que o mundo precisa de inovação e nem dando carta branca para galera copiar as coisas dos outros, fato é que grande parte das “inovações” atuais, são apenas melhorias ou revisões de soluções que já existem. Isso aconteceu com a roda, com smartphones, com relógios, com o computador entre outros.

Portanto, ser relutante quanto a prática da reprodução, é o mesmo que dizer para um artesão que o mesmo não deve criar "jarras de barro", pois o conceito "jarras de barro" já existe, e apenas por isso, ele deve criar outro conceito para continuar evoluindo o ofício.

Mas se colocando na perspectiva do artesão, cada jarra de barro será única, e cada “defeito” e/ou qualidade de novas jarras criadas são apenas possibilidades para evoluir.

Reinvente a roda

E agora que dei minhas motivações, posso afirmar tranquilamente: Não tenham medo de reinventar a roda.

Não se sintam inibidos pela obsessiva cultura da inovação atual, que quando interpretada erroneamente, tem apenas como resultante a redução do entusiasmo de quem as vezes só queria experimentar conceitos existentes, que potencialmente, durante essas experimentações, poderiam até derivar novos conceitos, que por fim, iram gerar a inovação.

Mas porque reinventar a roda é um bom caminho de aprendizado e evolução profissional?

Sendo um desenvolver experiente ou não, a prática dos fundamentos deve ou deveria ser parte de sua rotina, e o que é melhor pra praticar do que usando uma ideia já validada?

Quer criar um framework JavaScript do zero usando outro como base? Vá em frente 👍. Quer criar um novo sistema operacional usando apenas CSS? Vá em frente 🤯. Quer criar um aplicativo de padaria para vendê-lo? Vá em frente 👍.

O importante nisso é movimentar-se adiante. Sair da inércia e fazer o que desejar.

Conclusão

Era isso pessoal. Espero que tenham gostado do tema e da abordagem.

Façam a roda girar. Obrigad↻.